Características Gerais

O curso de Serviço Social foi autorizado a funcionar de acordo com a Portaria 278, de 19 de dezembro de 2012, e publicada no Diário Oficial da União de 28 de dezembro de 2012.  O Curso funciona no Anexo III da Faculdade, na Avenida João Durval – Ponto Central – Feira de Santana – Bahia e tem autorização para ofertar 100 vagas anuais, no turno noturno. Sua carga horária total é de 3.552 (três mil, duzentas e cinquenta e duas) horas, que devem ser integralizadas em quatro anos.

Missão

O curso de Serviço Social tem como missão, fazendo uso das suas competências específicas, contribuir para a elevação da qualidade da formação de um profissional generalista, apto para lidar com as contradições do presente resultantes da ordem neoliberal para o exercício da profissão. Bem como, tem a preocupação de garantir um processo contínuo de atualização pedagógica e curricular, avaliando permanentemente os resultados para estimular o melhor desempenho e a sadia convivência entre os docentes e discentes. Tendo como valores e princípios: ética e o respeito pela pessoa e dignidade humana; competência científica – profissional; solidariedade e cooperação, estimulando a criação cultural.

Objetivos do Curso

Formar profissionais com competência teórico-metodológica-técnica e ética, capazes de: 

a) Compreender e intervir de forma interdisciplinar nas expressões da questão social presentes na sociedade brasileira; 
b) Exercitar a autonomia crítica para tomar decisões e assumir responsabilidades, pautadas nos valores humanos, contribuindo na garantia de direitos, de cidadania, para a construção de uma ordem social, política e econômica mais democrática; 
c) Fazer planejamento, gestão e a avaliação das políticas e serviços sociais nas esferas públicas e privadas.
d) Produzir conhecimentos científicos relacionados, sobretudo, às temáticas do Serviço Social.

Competências e Habilidades Desejadas

O Curso busca formar profissionais que possuam as seguintes competências e habilidades, consoante diretrizes curriculares vigentes:

a) a capacitação teórico-metodológica e ético-política, como requisito fundamental para o exercício de atividades técnico-operativas;
b) o desenvolvimento da capacidade de análise do movimento histórico da sociedade brasileira, apreendendo as particularidades do desenvolvimento do capitalismo no país;
c) a busca por compreender o significado social da profissão e de seu desenvolvimento sócio-histórico, nos cenários internacional e nacional, desvelando as possibilidades de ação contidas na realidade;
d) a identificação das demandas presentes na sociedade, visando formular respostas profissionais para o enfrentamento da questão social, considerando as novas articulações entre o público e o privado.

Estando em consonância com as determinações da Lei n. 8662, de 7 de junho de 1993, que regulamenta a profissão de assistente social e estabelece as seguintes competências e habilidades técnico-operativas:
- Formular e executar políticas sociais em órgãos da administração pública, empresas e organizações da sociedade civil;
- Elaborar, executar e avaliar planos, programas e projetos na área social; 
- Contribuir para viabilizar a participação dos usuários nas decisões institucionais; 
- Planejar, organizar e administrar benefícios e serviços sociais; 
- Realizar pesquisas que subsidiem formulação de políticas e ações profissionais; 
- Prestar assessoria e consultoria a órgãos da administração pública, empresas privadas e movimentos sociais em matéria relacionada às políticas sociais e à garantia dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade; 
- Orientar a população na identificação de recursos para atendimento e defesa de seus direitos; 
- Realizar estudos socioeconômicos para identificação de demandas e necessidades sociais; 
- Realizar visitas, perícias técnicas, laudos, informações e pareceres sobre matéria de Serviço Social;
- Exercer funções de direção em organizações públicas e privadas na área de serviço social;
- Assumir o magistério de Serviço Social e coordenar cursos e unidades de ensino; 
- Supervisionar diretamente estagiários de Serviço Social.

Perfil do Egresso

Profissional que atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas para seu enfrentamento, por meio de políticas sociais públicas, empresariais, de organizações da sociedade civil e movimentos sociais. Profissional dotado de formação intelectual e cultural generalista crítica, competente em sua área de desempenho, com capacidade de inserção criativa e propositiva, no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho. Profissional comprometido com os valores e princípios norteadores do Código de Ética do Assistente Social.

Mercado de Trabalho

Quanto às áreas de atuação profissional, realiza-se em organizações públicas e privadas, no terceiro setor e em áreas temáticas diferentes: proteção social, educação, programas socioeducativos e de comunidade, habitação, gestão de pessoas, segurança pública, justiça, meio ambiente, assessoria e consultoria, saúde e assistência, sendo variável de acordo com a realidade local.

Atividades Complementares

O Projeto Pedagógico do curso Bacharel em Serviço Social da FACULDADE ANÍSIO TEIXEIRA, considerando a importância de outras atividades acadêmicas na formação do profissional de Serviço Social, reservou um total de 200 horas para a realização de atividades complementares. Compreende-se que tais atividades ampliam os conteúdos das disciplinas que integram o currículo em sentido estrito, permitindo de forma mais efetiva a interdisciplinaridade e multidisciplinaridade necessárias ao Assistente Social. 

Estágio Curricular Supervisionado

O Estágio Curricular Supervisionado é de caráter obrigatório e está voltado para desempenhos profissionais antes de se considerar concluído o curso. À medida que os resultados do estágio forem sendo verificados, interpretados e avaliados, o estagiário poderá reconhecer a necessidade da retificação da aprendizagem, nos conteúdos e práticas em que se sentir inseguro. O estágio é componente direcionado à consolidação dos desempenhos profissionais desejados e inerentes ao perfil idealizado para o egresso. As atividades do estágio curricular supervisionado estão regulamentadas por normas próprias, aprovadas pelo Conselho Acadêmico da Faculdade, assim como pelas normas específicas da profissão: Resolução de estágio nº 533 de 29 de setembro de 2008 e Lei de Regulamentação da Profissão nº 8662 de junho de 1993.

Integralização: mínimo de 8 semestres
Turno: Noturno
Formação: Bacharelado
Carga horária : 3.304 hs.

Princípios Norteadores da Grade Curricular

  1. Evitar o prolongamento desnecessário do curso de graduação, tendo em vista o atual paradigma da educação continuada;
  2. Incentivar uma sólida formação geral, para que o futuro publicitário possa superar os desafios das renovadas condições do exercício profissional;
  3. Estimular práticas de estudos independentes, visando à progressiva autonomia profissional e intelectual do aluno;
  4. Valorizar a aquisição de conhecimentos, habilidades e competências fora do ambiente escolar, especialmente as que se refiram à experiência profissional;
  5. Fortalecer a articulação da teoria com a prática, valorizando a pesquisa individual e coletiva, bem como os estágios e a participação em atividades de extensão;
  6. Contemplar conhecimentos que reflitam a heterogeneidade das demandas sociais, especialmente as que se relacionem com Feira de Santana e toda a região. 

Configuração da Grade Curricular

A grade curricular do Curso de comunicação Social com habilitação em Serviço Social da FAT assume a seguinte configuração:

1º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
01 COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO 72
02 INTRODUÇÃO À FILOSOFIA 72
03

METODOLOGIA DO TRABALHO ACADÊMICO

72
04 SOCIOLOGIA 72
05 IINTRODUÇÃO AO SERVIÇO SOCIAL 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
2º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
06

ANTROPOLOGIA SOCIAL

72
07 INTERPRETAÇÃO E PRODUÇÃO DE TEXTO 72
08 INTRODUÇÃO À CIÊNCIA POLÍTICA 72
09 PSICOLOGIA SOCIAL 72
10 FUND. HISTÓRICOS E TEÓRICO - MET.DO SERVIÇO SOCIAL I 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
3º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
11 FORMAÇÃO SÓCIO-HISTÓRICA DA SOCIEDADE BRASILEIRA 72
12 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO 72
13 FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICO-METODOLÓGICO DO SERVIÇO SOCIAL II 72
14 SERVIÇO SOCIAL E PROCESSOS DE TRABALHO 72
15 TEORIAS DO SERVIÇO SOCIAL 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
4º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
16 PRESSUPOSTOS TEÓRICOS METODOLÓGICOS DA PESQUISA SOCIAL 72
17 ÉTICA E SERVIÇO SOCIAL 72
18 INSTRUMENTOS TÉCNICO-OPERATIVOS DO SERVIÇO SOCIAL 72
19 POLÍTICA SOCIAL I 72
20 FUNDAMENTOS HISTÓRICOS E TEÓRICOS-METODOLÓGICOS DO SERVIÇO SOCIAL III 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
5º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
21 GESTÃO SOCIAL 72
22 INTRODUÇÃO A ECONOMIA 72
23 ESTÁGIO SUPERVISIONADO I 150
24 ANÁLISE DE INDICADORES SOCIAIS PARA O SERVIÇO SOCIAL 72
25 FAMÍLIA CONTEMPORÂNEA E DIVISÃO SEXUAL DO TRABALHO 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
6º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
27 GERONTOLOGIA 72
27 ESTÁGIO SUPERVISIONADO II 150
28 ADMINISTRAÇÃO E PLANEJAMENTO EM SERVIÇO SOCIAL 72
29 PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL I 72
30 POLÍTICA SOCIAL II 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
7º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
33 ELABORAÇÃO, MONITORAMENTO E AVALIAÇÃO DE PROJETOS SOCIAIS 72
34 DIREITO PREVIDENCIÁRIO 72
35 ESTÁGIO SUPERVISIONADO III 150
36 PESQUISA EM SERVIÇO SOCIAL II 72
37 SEGURIDADE SOCIAL E ASSISTÊNCIA SOCIAL 72
CARGA HORÁRIA TOTAL 360
8º SEMESTRE
Cód. DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
39 SEMINÁRIOS TEMÁTICOS ( DIR. HUMANOS E DIVERSIDADES, MOV. SOCIAIS, EDUCAÇÃO, HABITAÇÃO...) 64
40 SERVIÇO SOCIAL E SAÚDE 72
41 TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 90
41 OPTATIVA I 36
41 OPTATIVA II 36

 

CARGA HORÁRIA TOTAL DO CURSO 3252

O dimensionamento da carga horária foi estruturado, considerando o semestre composto de 18 semanas, sendo 04h./aulas por turno e disciplinas com 04 horas aulas/semana.

Optativas

Sem disciplinas optativas.

Profª Mércia Nogueira

Profª Mércia Nogueira


servicosocial@fat.edu.br
(75) 3616-9451